Música sertaneja merece respeito. Zeca Camargo, NÃO.

zecacamargosungaPrezado José Carlos Brito de Ávila Camargo, ou apenas Zeca Camargo ,brasileiro nascido em Uberaba que iniciou sua carreira como repórter no mundo da música em 1987 quando trabalhava na Folha de S. Paulo e foi convidado para show, em Roma.

Agora que sabemos disso, vamos aos fatos. Como uma pessoa que iniciou SUPOSTAMENTE sua “carreira” com música consegue falar tanta merda? Vou te ajudar sobre a música sertaneja para você entender, ok?

“Música sertaneja ou música caipira é um gênero musical do Brasil produzido a partir da década de 1910 por compositores rurais e urbanos, outrora chamada genericamente de modas, emboladas, e fado português cujo som da viola é predominante. Foi em 1929 que surgiu a PRIMEIRA música sertaneja como se conhece hoje. Ela nasceu a partir de gravações feitas pelo jornalista e escritor Cornélio Pires de “causos” e fragmentos de cantos tradicionais rurais do interior paulista, sul e triângulo mineiros, sudeste  goiano e mato-grossense. Na época destas gravações pioneiras, o gênero era conhecido como música caipira, cujas letras evocavam o modo de vida do homem do interior (muitas vezes em oposição à vida do homem da cidade), assim como a beleza bucólica e romântica da paisagem interiorana (atualmente, este tipo de composição é classificada como “música sertaneja de raiz”, com as letras enfatizadas no cotidiano e na maneira de cantar).

Uma nova fase na história da música sertaneja teve início após a Segunda Guerra Mundial, com a incorporação de novos estilos como polca europeira, os instrumentos (como o acordeom e a harpa). A temática vai tornando-se gradualmente mais amorosa, conservando, todavia, um caráter autobiográfico. A introdução da guitarra elétrica e o chamado “ritmo jovem”, pela dupla Léo Canhoto e Robertinho, no final da década de 1960, marcam o início da fase moderna da música sertaneja. Um dos integrantes do movimento musical Jovem Guarda, o cantor Sérgio Reis passou a gravar na década de 1970 repertório tradicional sertanejo, de forma a contribuir para a penetração mais ampla ao gênero. Renato Teixeira foi outro artista a se destacar àquela altura. Naquele período, os locais de performance da música sertaneja eram originalmente o circo, alguns rodeios e principalmente as rádios AM. Já a partir da década de 1980, essa penetração estendeu-se às rádios FM e também à televisão – seja em programas semanais matutinos de domingo ou em trilhas sonoras de novela ou programas especiais.

Atenta, a indústria fonográfica lançou na década de 2000 um movimento similar, chamado por alguns de sertanejo universitário, com nomes como Guilherme & Santiago, Maria Cecília & Rodolfo, João Bosco & Vinícius, César Menotti & Fabiano, Jorge & Mateus, Victor & Leo, Fernando & Sorocaba, Gusttavo Lima, Luan Santana, Michel Teló, Marcos & Belutti e João Neto & Frederico. Como esse movimento não para e ganha cada vez mais adeptos, o mercado que antes tinha como foco de surgimento de duplas e artistas sertanejos no estado de Goiás, hoje tem eleito novos ídolos do estado de Mato Grosso do Sul como a revelação escolar Luan Santana e a dupla Maria Cecília & Rodolfo. Porém, Goiás não deixou de revelar nomes no cenário nacional, surgiram os já citados Jorge & Mateus e João Neto e Frederico sem falar de artistas vinculados ao sertanejo mais massificado da década anterior, como Guilherme & Santiago, Bruno & Marrone, Edson & Hudson, e outros.”

Agora que já te ajudei BASTANTE com a história sertaneja e da nossa CULTURA posso falar o que quiser, pois saber ler acredito que saiba, já que escrever tenho lá minhas dúvidas. Antes de fazer qualquer matéria temos que pesquisar. Isso é o básico. Aprendemos isso na faculdade.Mas será que você fez faculdade de JORNALISMO? Você vem de uma época em que não era necessário ter diploma para exercer a profissão, vai ver é por isso que fez o que né?

A cultura sertaneja movimenta o Brasil, sabia Zeca? Acho que não né? Eventos com músicas do gênero lotam mais estádios de futebol do que JOGOS DE FUTEBOL. Sabia? Não né? Você tá mais preocupado em aprender a ser uma Odalisca para agarrar seu Sultão. Vai nessa. Continue assim. Posso te falar uma outra coisa que você não sabe amigão? Se juntos todos seus livros não somam a quantidade vendida dos livros de colirir. Acho que você quis falar sobre essa sua insatisfação, mas falou DO CARA ERRADO.

Outra coisa, Cristiano Araújo teve mais de 250 milhões de acessos no YouTube. Sabe quando você terá essa quantidade de acesso em alguma coisa sua? Nunca! Quando você morrer, sabe quantas emissoras vão prestar homenagens á você? Meu amigo, se a Globo prestar, agradeça.

3061

E para concluir o pensamento, você conseguiu o que tanto queria e nisso eu te devo te dar os parabéns, até te aplaudir de pé: fez com que TODO Brasil comesse o seu cu.

Caso queira me processar, tranquilo. Só mandar a ordem judicial que resolvemos isso de igual para igual. Ao contrário de você, não bloqueio críticas e assumo TUDO o que falo, escrevo e penso.

 

 

Minha fonte de pesquisa foi o Wikipédia. É que você não merece mais do que isso.

 

 

 

 

4 comentários

  1. Amei e tiro meu chapéu pra vc pelas palavras… O Brasil precisa de jornalistas assim que se dedica a profissão e respeita a opinião e gosto dos de mais… Não é porque sou fã de carteirinha do Cristiano que estou falando tudo isso… Mais sim porque sou mãe brasileira e cidadã muito obrigada por falar tudo qie todos nós fãs gostaríamos de falar pra esse lixo que se diz jornalista porque come minhocas e perde peso na TV… Meus e de todo fã clube Cris_nossarazao aplausos de pé para ti…

  2. Kkkkk amei td isso
    Meu caro meus filhos irão crescer sabendo da existência do cristiano araujo mas Zeca Camargo?
    Na verdade nem eu sei quem eh quem dirá as futuras gerações neah
    E hj tornou se famoso por tanta ipocrisia
    Agora que te conheci tive o tal do desprazer e já de olhar sua foto me embrulha o estômago e de ouvir sua voz haja me da nojo nojo sabe o que eh isso nojo?
    Não então pesquise se eh que vc sabe o que eh uma pesquisa neah
    Kkkkk

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.Os campos marcados são obrigatórios *

*